fbpx
Logo

Os 10 Mandamentos de um Relatório de Marketing Digital

Todos os gestores, sejam de projeto ou de cliente, deparam-se no final do mês com uma tarefa que não foge à normalidade do seu trabalho. A que me refiro? Ao relatório de apresentação de resultados mensais de marketing digital. Pode tornar-se um tema sensível e, por vezes, até difícil. A verdade é que talvez não estejam a tocar nos pontos essenciais, onde o foco principal é a conquista do cliente e a sua satisfação.

Nesta altura, devem estar a pensar “hum… como é que é? Manter sempre o cliente satisfeito?”. A resposta é simples e passa por dez pontos.

Um relatório serve para analisar o desempenho da empresa e do marketing utilizado, através de dados obtidos ao longo de um período, tendo como base uma estratégia delineada anteriormente – na qual temos resultados esperados e objetivos bem definidos.

Muitas vezes, o problema de iniciar um relatório é definir o ponto de partida do mesmo e de que pontos devemos falar. Penso que a melhor maneira de o estruturar é seguir o que gosto de chamar os dez Mandamentos de um Relatório de Marketing Digital.

Caso tenha interesse no tema e queira saber um pouco mais para além deste artigo, clique aqui: https://blog.lahar.com.br/marketing-digital/como-fazer-relatorio-de-marketing/

1º Resumo

Em primeiro lugar, uma página de Resumo, na qual devemos destacar as métricas mais importantes e até uma visão geral do projeto em desenvolvimento. Este resumo, tem de ter como foco a situação em geral do que foi o Marketing nesse mês. Um resumo conciso e de leitura fácil.

2º Estratégia atual

Não um ponto obrigatório de inclusão, mas é uma boa prática para o cliente ter sempre presente que a estratégia e os KPI’s definidos estão a ser seguidos, bastando incluir quem é o mercado-alvo, quais são os principais canais, as oportunidades, o objetivo final e o que está a ser feito para alcançar o sucesso.

Devemos também, caso exista oportunidade, comentar a concorrência e qualquer alteração que o mercado em questão tenha sofrido.

Terminado este tópico, temos uma vantagem para o restante relatório, quem o vir irá perceber mais facilmente toda a análise feita ao longo do Relatório de Marketing Digital.

3º Métricas de Conversão

Sem dúvida, o foco da preocupação do cliente, as métricas que podem alterar os seus resultados, as de Conversão. Deve ser também o foco principal do Relatório, onde através de gráficos analíticos e dados numéricos se demonstre ao cliente que existe progresso e melhoria relativamente aos resultados anteriores.

A ideia nesta análise não é sobrecarregar o cliente com informação, mas sim focarmo-nos em algumas métricas, em que nos destacamos positiva e negativamente, para manter e melhorar a performance digital do cliente. Caso o cliente queira mais informação, aí o melhor será mesmo fazer um relatório extra focado nas métricas pedidas.

4º Métricas de Tráfego por Canal

Tendo em conta o tópico anterior, é importante ter a preocupação de analisar e demonstrar de onde vem o tráfego. Assim, e sabendo que a maioria dos visitantes/futuros clientes vêm através de referências, leads e pesquisas pagas, fornecemos de uma maneira mais detalhada os resultados, como, por exemplo, desempenho de campanhas feitas entre outras métricas analisadas.

5º Visão Geral de SEO

Caso exista um serviço adjudicado de SEO, pode ser incluído no relatório. O foco será o que foi feito para chegar aos resultados alcançados e como aumentaram poderá também acrescentar uma análise ao site para mostrar as melhorias relativamente ao anterior.

6º Blog Leads

Caso exista também um serviço dedicado ao Blog do cliente, este ponto deverá constar no Relatório de Marketing Digital. Sendo uma fonte tanto de tráfego como de leads devemos relatar estes dados de maneira a manter um funcionamento coerente, monitorizando como público-alvo chega ao mesmo e quais os canais que são bem-sucedidos ou que têm de ser melhorados tal como os conteúdos do Blog em si.

7º Campanhas CPC

Tendo como base a utilização de canais pagos, mais especificamente campanhas de CPC (Custo Por Clique) devemos também abordar o tema destas métricas no relatório de marketing digital apresentado. O custo por conversão, impressões, investimento em anúncios e o retorno que temos com este investimento são as principais métricas apresentadas por norma. Comparando estas em cada canal utilizado conseguimos saber qual o melhor canal em que o cliente deve investir futuramente e de que maneira.

8º Visão Geral Social Média

A análise de Social Media é um dos parâmetros muito importantes para o cliente tendo em conta os KPI’s definidos. Através dos dados passados no Relatório consegue ver o crescimento das páginas, qual a taxa de Engagement, quais os conteúdos que têm mais interação e interesse por parte do publico nas diferentes plataformas utilizadas, como o Facebook, Instagram, LinkedIn entre outros.

9º Metas e ideias para futuras campanhas

Terminada a apresentação de todos os resultados, podemos implementar novas ideias e objetivos a serem alcançados, tendo como base os KPI’s, de maneira a manter o crescimento da empresa/marca do cliente. Dar exemplos de futuras campanhas a pôr em prática é uma boa maneira de manter o cliente interessado, cria a oportunidade de acompanhar e de se envolver na melhoria e crescimento do seu Mundo Digital.

10º Projeções Financeiras

Dando seguimento ao ponto anterior, finalizamos o relatório dando nota de uma estimativa do que deverá ser investido no próximo mês, consoante o budget disponibilizado pelo cliente e qual o retorno esperado das futuras campanhas anteriormente abordadas.

Assim termino, o que chamo de 10 Mandamentos de um Relatório de Marketing Digital, espero que estes ajudem a abrir caminho a novos desafios!

O que achou deste artigo? Dê-nos o seu feedback e conte connosco para o ajudar a definir o seu Investimento em Marketing Digital.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO