Logo

5 PECADOS MORTAIS do Email Marketing

Como Criar Uma Campanha de Email Marketing

Por Andreia Nunes, 2016

Email Marketing é um processo estruturado e sistemático de envio de mensagens publicitárias a subscritores específicos, utilizando o email ou uma plataforma de envio de emails.
72% dos consumidores identificam o email como o seu principal meio de comunicação com as empresas com as quais estabelecem relações comerciais, 61% assumem que apreciam receber emails promocionais semanalmente e 28% afimam mesmo que gostariam de receber os mesmo com mais frequência (MarketingSherpa, 2015).
O email marketing está cheio de boas intenções… O Inferno também!2
E se esta ferramenta é uma das mais usadas, é simultaneamente uma das mais mal utilizadas…
Para que não cometa os maiores pecados mortais no envio de emails destacamos neste artigo os 5 principais erros a evitar, apresentando as soluções mais eficazes e que lhe garantirão acesso à vida eterna. Ok, talvez não tanto, mas melhorarão com certeza o feedbak do seu público-alvo quando recebe os seus emails e consequentemente as suas receitas!
A máxima “Não faça aos outros o que não gosta que lhe façam a si” nunca fez tanto sentido.

Erro nr. 1
Recolher emails não autorizados e enviar SPAM

Ninguém gosta de perceber que foi adicionado a uma base de dados – mailing list – sem o seu consentimento.

Soluções:
– Obtenha contactos de forma fidedigna e que queiram receber a sua comunicação via email. Caso queira incluir contactos com os quais já estabeleceu uma relação comercial peça permissão para os incluir na sua lista/base de dados. Esta é uma das grandes diferenças entre email marketing e SPAM. Crie interesse e desejo de pertença a essa lista – ofereça valor.
Exemplo de como pode captar subscritores de forma fidedigna através do seu website:

1
– Quem não é visto não é lembrado. Caso tenha obtido permissão dos seus vários contactos, evite ficar mais de 6 meses sem enviar comunicações – ou deverá pedir novamente permissão antes que se esqueçam de si.
– Utilize um remetente que os seus clientes reconheçam facilmente. Sempre que possível esse remetente deverá conter o nome da empresa.
-Evite usar emails “noreply” que não permitem resposta – são impessoais e podem mais facilmente ativar filtros de spam.
– Inclua a indicação de que poderão a qualquer momento cancelar a sua subscrição ou atualizar os seus dados – “Unsubscribe”; “Update your profile” – isto irá reduzir a taxa de clientes insatisfeitos e as possíveis queixas e denúncias de SPAM. Além de que as plataformas de envio de emails são bastante inflexíveis com altas taxas de cancelamentos e denuncias.

Exemplo:

3
– Utilize o seu logotipo e uma descrição de texto que descreva a imagem – “Alt Text” – e que acompanhe a mesma caso seja bloqueada pelos filtros de SPAM. (Num dos nossos próximos artigos daremos algumas dicas de como poderá fazer isto em duas das mais conhecidas plataformas de envio de emails).

Erro nr. 2
O seu email não funciona quando lido no telemóvel

Segundo a empresa Litmus cerca de 48% das pessoas, consulta o email no smartphone e muito provavelmente duramente a hora de almoço pelo que é fácil perceber a importância do seu email ter um layout otimizado para tais ecrãs, isto é, ser mobile responsive.
Muitas newsletters não estando desenhadas para tal poderão ter uma leitura difícil e confusa, nada convidativas a uma visita ao seu website ou à compra dos seus produtos/serviços.

Soluções:
– Concentre o seu texto em apenas uma coluna (utilize plataformas de envio de email que lhe permitam fazer este layout);4
– Utilize apenas a quantidade necessária de imagens – balanceando o conteúdo texto/imagens. Por exemplo o Mailchimp, plataforma de envio de emails, sugere 80%texto para 20% de imagens. Ninguém quer ver um email cheio de cruzes vermelhas porque os filtros de SPAM bloqueiam as imagens.
– Mantenha a informação mais ou menos concisa. O tempo de atenção para leitura online é muito volátil, existindo mil coisas a tentar roubar a nossa atenção. A leitura no ecrã do telefone é ainda mais difícil quanto mais longo for o texto escrito devido à necessidade constante de fazer scroll.

Erro nr. 3
Os contactos da sua empresa são difíceis de achar

Os seus contactos não serem facilmente visíveis nas suas comunicações é um erro gravíssimo, pois o queremos exatamente é que os clientes nos contactem.

Soluções:
– Não faça os seus clientes ter de procurar o seu número de telefone, site ou endereço de email – estes deverão estar sempre incluídos de forma clara e acessível;
– As plataformas de email como é o caso do Mailchimp incluem um rodapé automático, para que nunca se esqueça de colocar estas informações.

Erro nr. 4
Escrever com erros ortográficos

Good gramar is sexy. Escrever bem fica-lhe bem.
Com as ferramentas disponíveis na internet e fácil acesso ao Google há cada vez menos tolerância para erros ortográficos. Estes transmitem uma sensação de que não se presta atenção aos detalhes e essa não é definitivamente a mensagem que quer passar.

Soluções:
– Escreva primeiro o texto em Word e ative uma ferramenta de verificação ortográfica.
– Peça a colegas seus para ler e reler o email, pois por vezes deixamos passar pequenos erros e várias cabeças pensam melhor do que uma.

Erro nr. 5
Não ter um conteúdo interessante

Os seus clientes subscrevem a sua newsletter porque querem saber o que tem para lhes dizer, estão interessados no seu conteúdo: ofertas exclusivas, dicas, informação especializada sobre a sua indústria ou produtos. O conteúdo que incluir deverá ser atrativo e ter valor em si mesmo.

Soluções:
– O melhor espelho para verificar do interesse do conteúdo de email é a consulta aos relatórios estatísticos (mais uma vantagem das plataformas de envio de que falaremos num artigo próximo). Existem vários tópicos de performance que deverá analisar, além de que poderá mesmo fazer surveys para avaliar a opinião dos seus clientes e quem sabe até identificar ideias para futuras campanhas e ofertas exclusivas!
Nos próximos artigos sobre a temática de Email Marketing iremos continuar a desvendar as últimas tendências e as melhores estratégias para uma comunicação cada vez mais otimizada e personalizada com os seus clientes.
Partilhe connosco as suas dicas e opiniões!

You know what they say… Email it & nail it! 🙂

Ver também:
Tamsin Fox-Davies (2015) 5 Things Your Email Readers Probably Hate (And How To Avoid Them).

2 Comments
DEIXE O SEU COMENTÁRIO